Beatriz – Aluna do RPD

Oi, gente! Sou a Beatriz 🙂

Tive um tempo de acompanhamento com o Roberto, o que posso dizer a vocês sobre isso? Muitas coisas kkkk, mas tentarei resumir.

Bom, primeiro: ser acompanhado por quem já trilhou o caminho que a gente tem pela frente não tem preço.

No caso da minha esperiência com o Roberto, foi mais que isso. Além da motivação, vi alguém que tinha suas fraquezas (muitas delas parecidas com as minhas) conversar abertamente sobre elas e sobre a superação a cada uma ou da forma que aprendeu a conviver com elas, quando necessário.

Segundo: é importante poder pedir opiniões e ajuda a alguém que transmite confiança, sabendo que há sinceridade e que a gente será apoiado, mesmo que não conseguindo seguir todas as orientações a risca.

Nesse período de acompanhamento aprendi que posso ser “gente” antes da aprovação e isso não vai me afastar dela.

Terceiro: é necessário ter alguém que perceba o momento da gente, mesmo quando nós mesmos não conseguimos enxergar ou “aceitar sem culpa” as situações que se apresentam. Porém, ao mesmo tempo, é importante ter alguém que ajude a distinguir momentos transitórios e situações permanentes.

As primeiras precisam ser aceitas com leveza e as segundas corrigidas ou adaptadas de acordo com a realidade da gente.

Essas coisas, dentre tantas outras, aprendi nesse tempo de acompanhamento.

Foi período maravilhoso que com certeza é peça para minha futura aprovação.

A Beatriz é aluna do Curso Rumo à Defensoria Pública, um projeto maravilhoso que tive o privilégio de ser convidado à participar! Vale muito a pena vocês conhecerem!